© HG
Mensagens
Quando...
... nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te afogarem os olhos, busca-me. Eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas.   ... te julgares incompreendido pelos que te cercam, e vires, que em torno a indiferença recrudesce, acerca-te de mim. Eu sou a luz sob cujos raios se aclaram a pureza das tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos.   ...inclementes te açoitarem os vendavais da morte, e já não souberes onde pousar a cabeça, corre para junto de mim. Eu sou o refúgio em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo e tranqüilidade para teu espírito.   ... a tristeza e a melancolia te povoarem o coração e tudo te causar aborrecimento, chama por mim. Eu sou a alegria que te dá um alento novo e te faz conhecer os encantos do teu mundo interior.   ... o mundo te iludir com suas promessas falsas e perceberes que já ninguém pode inspirar-te confiança, clama por mim. Eu sou a fé que sabe corresponder à tuas fraquezas de teus ideais.   ... um a um te fenecerem os ideais mais belos e te sentires no auge do desespero, apela para mim. E u sou a crença que te inunda de luz, o entendimento que te habita para a conquista da felicidade.   ... E, quando enfim, quiseres saber quem sou, pergunta ao rio que murmura e ao pássaro que canta, à flor que desabrocha e à estrela que cintila, ao moço que espera e ao velho que recorda.   Eu sou a dinâmica da vida e a harmonia da natureza. Chamo-me: D E U S! O remédio para todos os males que te atormentam o espírito!                                                  (autor desconhecido)